Sexta-feira, 27 de Maio de 2022

Algumas seções do site não estão em funcionamento devido a coleta de dados.

NOTÍCIA

PRF faz balanço da ‘Operação Carnaval’ na Paraíba e destaca reduções em ocorrências com relação a 2021

Segurança | 03/03/2022
PRF faz balanço da ‘Operação Carnaval’ na Paraíba e destaca reduções em ocorrências com relação a 2021

Desde a última sexta-feira, dia 25 de fevereiro, até essa quarta-feira (2), a Polícia Rodoviária Federal realizou a Operação Carnaval, com o objetivo de prevenir acidentes, coibir crimes e garantir a mobilidade em todas as rodovias federais do Brasil. Na Paraíba, os policiais rodoviários federais fiscalizaram 5.619 veículos e 5.743 pessoas, representando um aumento de 14% em relação ao ano passado.

O combate à embriaguez ao volante foi um dos principais focos da operação, quando foram realizados 1.944 testes de alcoolemia, um aumento de aproximadamente 300% com relação a 2021. Ao todo, 37 pessoas foram flagradas dirigindo alcoolizadas nas rodovias federais da Paraíba nesse período.

Nas quase 1.500 infrações de trânsito registradas, flagrou a atenção neste carnaval o número de pessoas observadas sem o cinto de segurança nos veículos. Foram 148 infrações, o que significa um aumento de 155% referente ao ano passado.

“A não utilização do cinto de segurança é um dos principais fatores responsáveis pelas gravidades nas lesões em vítimas de acidentes de trânsito”, alertou o agente.

Já o número de acidentes de trânsito registrados durante a Operação Carnaval na Paraíba sofreu redução. Da sexta à quarta de cinzas, foram registrados 19 acidentes, enquanto que em 2021 houve 27 acidentes, uma redução de 30%. Já com relação aos acidentes graves, houve redução de 66%, foram 9 em 2021 e apenas 3 este ano.

 

Além disso, houve uma morte em 2022, uma queda de 66% com relação às três mortes registradas no ano passado.

Como resultado dos esforços de fiscalização, além da redução no número de acidentes, a PRF recuperou seis veículos, apreendeu uma arma e deteve 25 pessoas pela existência de mandados de prisão em aberto, e por crimes como roubo, receptação e porte ilegal de armas no estado.

No sertão da Paraíba não houve registro de acidente com morte. O destaque ficou para as fiscalizações de alcoolemia e ultrapassagens, o serviço de recolhimento de animais e as ações de combate aos crimes, que resultaram na prisão de três pessoas por mandado de prisão, uso de álcool ao volante e porte de anfetaminas.

VÍDEOS